Vídeo mostra avanço da enxurrada em Petrópolis; assista

Força brutal da água arrasta carros, árvores e ônibus em Petrópolis Fortes chuvas em Petrópolis, no Rio de Janeiro, deixaram ao menos 35 mor...

Força brutal da água arrasta carros, árvores e ônibus em Petrópolis

Fortes chuvas em Petrópolis, no Rio de Janeiro, deixaram ao menos 35 mortos na tarde desta terça-feira (15), segundo o comando do Corpo de Bombeiros. A informação sobre as mortes é da GloboNews.

Foto: Reprodução

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram carros sendo arrastados pela correnteza e grandes deslizamentos. Moradores também compartilharam vídeos nos quais é possível ver um ônibus sendo arrastado, tamanha a força da água.

Tarde de chuva e caos em Petrópolis

"Agentes da Defesa Civil e CPTrans atuam em diversos pontos da cidade por conta de inundações e alagamentos em função da forte chuva que afeta a cidade no momento. As ruas Coronel Veiga (entre Duas Pontes e Ponte Fones), o Centro (nos acessos à rua General Osório e Silva Jardim), na Rua Bingen, na Praça Pasteur estão com trechos bloqueados para acesso", informou a Prefeitura em nota.

Veja ao vídeo AQUI

A prefeitura decretou estado de calamidade pública. Até a noite, haviam sido registradas 95 ocorrências, sendo 80 deslizamentos. A maior parte ocorreu nas localidades do Quitandinha, Alto da Serra, Castelânea, Centro, Coronel Veiga, Duarte da Silveira, Floresta, Caxambu e Chácara Flora.

De acordo com o órgão, durante a tarde houve um registro de acumulado pluviométrico de 260 milímetros, um valor acima da média esperada para todo o mês, que seria de 238,2 mm.
Saldo da tragédia em Petrópolis

18 pessoas morreram

Foram 80 deslizamentos na cidade

Aulas na rede municipal estão suspensas

Mais de 100 bombeiros atuam nas ruas da cidade

Segundo a prefeitura, o núcleo de chuva que atuou no município nas últimas horas se afastou da cidade, mas permanece a previsão de chuva de intensidade fraca a moderada.
Números da tragédia em Petrópolis

Até as 20 horas, 120 bombeiros do quartel da cidade estavam nas ruas e 60 militares seguiam em deslocamento para Petrópolis.

O governo informou que oito ambulâncias estão sendo enviadas para a cidade para atuar no socorro às vítimas. Dez aeronaves foram disponibilizadas para chegar à cidade na manhã desta quarta-feira (16).

O 26º BPM (Petrópolis) atua em apoio na operação na cidade em auxílio a órgãos municipais.

O prefeito da capital, Eduardo Paes (PSD), afirmou que pôs toda a estrutura do município à disposição do prefeito de Petrópolis, Rubens Bomtempo, para auxiliar nas operações.

Nas redes sociais, Bomtempo disse que tinha acabado de chegar a Brasília quando ficou sabendo das chuvas e que por volta das 22h já estaria de volta a Petrópolis.

Ele afirmou que ligou para empresas e empreiteiros pedindo máquinas, caminhões e pessoal para auxiliar na recuperação da cidade.

"Quero dizer para o nosso povo aguentar firme, que se Deus quiser essa chuva vai passar, a gente vai conseguir dar uma resposta", disse.

Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho lamentou nas redes sociais seis vidas perdidas na tragédia. A prefeitura de Petrópolis não confirmou essas mortes.

Fonte: br.noticias.yahoo.com

Related

Brasil 2965403931675156404

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item