Pela 1ª vez desde 2019, Japão executa condenados à morte

O país asiático aplica a pena muitos anos após a condenação e sempre por enforcamento Nesta terça-feira (21), o Japão executou três presos ...

O país asiático aplica a pena muitos anos após a condenação e sempre por enforcamento

Nesta terça-feira (21), o Japão executou três presos que estavam no corredor da morte e, com isso, cumpriu as primeiras penas capitais aplicadas no país desde dezembro de 2019.

Foto: Reprodução

Atualmente, o país asiático tem mais de 100 condenados aguardando para serem executados. Apesar de ser um dos poucos países que ainda aplica a pena, a medida tem amplo apoio da opinião pública japonesa.

Um dos mortos nesta terça foi Yasutaka Fujishiro, de 65 anos, que matou com um martelo e uma faca uma tia de 80 anos, dois primos e outras quatro pessoas em 2004. Os outros dois executados foram Tomoaki Taknezawa, de 54 anos, e seu cúmplice Mitsunori Onogawa, de 44, acusados de matar duas pessoas em uma sala de jogos recreativos em 2003.

No Japão, as penas são aplicadas muitos anos após a sentença — e sempre por enforcamento. Os condenados à morte, porém, só recebem a notícia de que serão enforcados poucas horas antes da aplicação da pena. Em 2019, a Justiça japonesa executou três presos, número bem menor se comparado com 2018, quando 15 condenados foram executados.

Fonte: Pleno News

Related

Mundo 6278365762181191127

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item