Homem morre depois de ir à "festa do corona" para se contaminar propositalmente

Um austríaco, de 55 anos, morreu depois de ir a uma 'festa do corona' na Itália para se contaminar propositalmente. Ele tinha o obje...

Um austríaco, de 55 anos, morreu depois de ir a uma 'festa do corona' na Itália para se contaminar propositalmente. Ele tinha o objetivo de receber 'passaporte' para não se vacinar. Desde outubro, o país exige o comprovante de vacinação no ambiente de trabalho. O passaporte, entretanto, é dispensado para pessoas que se contaminaram com o vírus nos últimos seis meses. As informações são do jornal O Tempo.
Foto: Reprodução

Coordenador da unidade anti Covid de Bolzano, Patrick Franzoni contou ao jornal italiano Il Dolomiti que tem sido cada vez mais comum pessoas irem a esse tipo de festa para se contaminarem. Uma ou mais pessoas com o teste positivo para a doença vão para esses ambientes com objetivo de transmitir a Covid-19. Com isso, outras pessoas se aproximam delas para tentar se infectarem por meio de troca de copos e talheres e abraços.

Até crianças são levadas pelos pais para esses locais. Franzoni disse ainda que uma criança está internada em um hospital italiano se recuperando da doença.

Fonte: O Tempo

Related

Mundo 5744334696147175082

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item