Como ganhar dinheiro com a venda de ovos de páscoa? Veja dicas

É possível lucrar até 200%, mas tamanho, sabores, organização e criatividade influenciam muito no sucesso do negócio Malu Vieira*  A venda d...

É possível lucrar até 200%, mas tamanho, sabores, organização e criatividade influenciam muito no sucesso do negócio

Malu Vieira* 

A venda de ovos de páscoa são uma ótima opção para pequenos empreendedores, principalmente neste período de crise. Eles possuem diversos formatos, sabores, podem ser feitos em casa e atingem diferentes públicos. Para que você consiga investir neste tipo de produção, que pode render até 200% de lucro, o iBahia conversou com a confeiteira e professora do Senac, Jamile Bispo Gonçalves, que deu algumas dicas valiosas. Confira!
 
Preciso de quais materiais para iniciar este tipo de negócio?

Os materiais dependem do tipo de ovo de páscoa a ser vendido. Porém, segundo Jamile, é interessante começar com o básico: panelas, vasilhas, formas de acetato em formato oval e embalagens para colocar os ovos depois de prontos.

Os investimentos devem vir depois que algumas vendas forem garantidas e o negócio for consolidado, assim o empreendedor não perde dinheiro.
 
Quais ingredientes devo utilizar?

Os ingredientes também variam de acordo com doce. Normalmente, o chocolate fracionado é utilizado para a produção da casca do ovo. Porém, Jamile frisa que ele precisa ser de boa qualidade para não comprometer o sabor e nem o formato do doce.

Para confeiteiros mais experientes e dispostos a gastar mais recursos, existe o chocolate nobre. Ele é mais sensível e precisa ser temperado, diferente do fracionado.

Para o recheio do ovo, aposte em sabores coringa, mas não deixe de trazer novidades para os clientes.

Quais cuidados devo me atentar na preparação do ovo de páscoa?

Jamile pontua que o chocolate é um ingrediente sensível. “Trabalhar com chocolate é fácil e difícil, porque pode ser feito em casa, sem muitos materiais, mas precisa de bastante atenção e paciência”, explica a confeiteira.

Na produção, é importante se atentar à umidade do ambiente e utilizar utensílios de cozinha totalmente secos.

Também é preciso ficar atento à temperatura do chocolate, porque se ele passar do ponto, compromete não só o sabor, mas o formato do ovo. Ter um termômetro de cozinha pode ajudar bastante nessa tarefa. 

Mulher preparando receita | Reprodução: Freepik

Como saber quanto cobrar?

O preço do doce depende dos ingredientes utilizados. Nutella, morangos e chocolates importados encarecem a produção, o que torna o ovo mais caro para o consumidor.

Segundo Jamile, todos os gastos devem ser colocados na ponta do lápis. “Tudo precisa ser registrado, desde o preço dos ingredientes até o valor da água e do gás que foram gastos para fazer as receitas”, explica.

Ela ainda diz que muita gente perde dinheiro com as vendas por deixar esses fatores de lado ou por se impressionar com a quantidade de encomendas.

“Não se pode olhar para os lucros como um todo, levando em conta o número total de encomendas. É preciso saber os valores dos lucros e dos gastos de cada tipo de ovo”, reforça Jamile.
 
Como atingir mais clientes?

Para a professora, uma confeitaria pode atingir vários tipos de clientes, basta inovar no cardápio. É só oferecer diferentes sabores e tamanhos, que é possível agregar clientes que procuram tanto ovos mais elaborados, como ovos mais em conta.

Seguindo esse ponto de vista, é mais recomendado fazer os doces por encomenda. Assim, o cliente pode escolher o tamanho e o sabor, pagando um preço justo por isso.
 
Preciso ter redes sociais?

Sem dúvidas, as redes sociais são grandes aliadas das vendas. Para esse tipo de negócio, o Instagram se apresenta como o cartão de visita perfeito.

Nele, você pode colocar fotos e vídeos dos seus produtos, interagir com clientes e até vender os doces. Além disso, também é possível utilizar as ferramentas da rede social para entender as preferências de sabores dos consumidores.
 
Como manter o negócio quando a páscoa acabar?

Se o objetivo for continuar no ramo da confeitaria, a solução é buscar alternativas que sirvam pro ano todo. Um exemplo é o ovo no pote, um ovo de páscoa em um formato totalmente diferente e que pode ser consumido em diferentes épocas.

Também existem os cupcakes e brigadeiros personalizados, que podem ser encomendados para uma festa ou ocasião especial. Uma ideia é personalizá-los de acordo com a data comemorativa.

Para que você possa começar o seu negócio, Jamile passou uma receita simples de ovo de colher com recheio de brigadeiro que agrada bastante os clientes. Confira: 

Ovo de Páscoa de brigadeiro decorado com chocolates | Reprodução: Pixabay

Para uma receita de ovo de páscoa de 350g, você vai precisar dos seguintes ingredientes:

- 20g de manteiga

- 1 lata de leite condensado

- 25g de cacau em pó

- 50g de chocolate nobre em barra

- 200g de creme de leite

- 200g de chocolate fracionado amargo

Preparação da casquinha do ovo:

- Derreta o chocolate fracionado amargo em banho maria;

- Com o molde para ovo de Páscoa, faça a casquinha de 350g. Deixe bem reforçada para que o chocolate não corra o risco de quebrar;

- Leve para resfriar na geladeira;

- Remova a forma quando o chocolate já estiver sólido.

- Preparação do recheio de brigadeiro:

- Em uma panela, adicione a manteiga, o leite condensado, cacau em pó, chocolate em barra e o creme de leite. Misture tudo até atingir um ponto de recheio;

- Depois de pronto, reserve o recheio em um recipiente e deixe esfriar;

- Quando o brigadeiro estiver em temperatura ambiente, com consistência cremosa, adicione-o dentro da casca do ovo.

Você pode decorá-lo com castanhas, chocolates, morangos... Use a criatividade!

*Sob supervisão da repórter Isadora Sodré

Related

Gastronomia 4949093534195827468

Links indicados

Destaques da semana

Siga-nos no Facebook

item