Decisão da Justiça Eleitoral reduziu aglomerações e incidência de propagação do coronavírus

  A providência adotada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) de proibir, em todo o Estado, eventos e atos de campanha que gera...

 A providência adotada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) de proibir, em todo o Estado, eventos e atos de campanha que gerassem aglomerações – decisão tomada na semana passada – surtiu efeito e reduziu a incidência dos atos com grande concentração de pessoas, que põem em risco a Saúde Pública em um momento em que o Ceará enfrenta uma elevação nos casos em algumas regiões do Estado.

Com as proibições impostas, praticamente todos os atos de campanha foram bloqueados, uma providência reclamada por autoridades públicas e por parte da sociedade. Há críticas de candidatos, entretanto, foi a decisão acertada, embora um pouco tardia.

Postulantes de todo o Estado tiveram que reformular as estratégias de campanha para chegar ao eleitor na reta final da campanha. Uma providência, aliás, que deveria ter sido adotada desde o início da disputa eleitoral. Em muitos municípios, a movimentação chegou a ser um risco à saúde.

Por Inácio Aguiar, no DN

Related

Politica 4605201896464431371

Links indicados

Destaques da semana

Siga-nos no Facebook

Rádios Parceiros


Sites parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Page Rank

seo checker

Total de visualizações

item