This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

quinta-feira, 27 de agosto de 2020

Com muita emoção, Ceará vence Vitória/BA e avança para 4ª fase da Copa do Brasil

 Vovô bateu o rival baiano por 4 a 3 nesta quarta-feira (26) no estádio Barradão, em Salvador.

Com muita emoção, o Ceará avança à 4ª fase da Copa do Brasil. Em duelo repleto de expulsões e pênaltis no confronto de volta com o Vitória/BA no Barradão, nesta quarta-feira (26), o Alvinegro venceu por 4 a 3 - o duelo de ida terminou em 1 a 0.

Os gols do triunfo foram de Vina, Lima, Sobral e Carleto (contra). Apesar do tento, o lateral descontou para os donos da casa, assim como Caicedo e Léo Ceará. 

Além da classificação, o Vovô faturou R$ 2 milhões em receita. A equipe aguarda sorteio da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para saber o adversário do próximo mata-mata.

No torneio, o time havia eliminado Bragantino/PA na estreia e o Oeste, nos pênaltis. Para sequência da temporada, o clube encara agora o Atlético/GO, domingo (30), no Olímpico, pela 6ª rodada do Brasileirão.

Primeiro tempo

Um breve resumo dos 45 minutos iniciais: três pênaltis, três expulsos e três gols. Dito isso, é possível saber a guerra que foi o duelo no Barradão. Com o Ceará entrando mais desligado em campo, o Vitória adiantou as linhas e aproveitou para deixar 2 a 0 no placar - o suficiente para avançar de fase.

O primeiro tento de Léo Ceará, após rebote parcial de Luiz Otávio na entrada da área, e o segundo com Carleto convertendo penalidade. Com muita discussão entre os atletas, uma troca de empurrões de Charles e Léo Ceará resultou na expulsão de ambos pela arbitragem, aos 30.

No minuto seguinte, o Vovô foi prejudicado. Após escanteio, Leandro Carvalho finalizou, e Carleto tirou a bola de dentro do gol, mas sem árbitro de vídeo (VAR), nada foi marcado. A nova chance do time ficar próximo ocorreu aos 36, quando Vico cometeu pênalti e também foi expulso por reclamação.

Na batida, Ronaldo defendeu chute de Sobis. Com pressão alvinegra devido ao atleta a mais, um novo pênalti ocorreu 10 minutos depois. Dessa vez, Vina converteu e diminuiu: 2 a 1. Na saída de campo, o presidente do Vitória, Paulo Carneiro, discutiu com o meia e o xingou.

Segundo tempo

O roteiro ‘louco’ ganhou um capítulo inusitado na volta do intervalo. Aos 2, após Leandro Carvalho levantar na área, Carleto, ex-Ceará, mandou contra a própria meta e empatou para o Vozão: 2 a 2.

E o Vitória, apesar de toda a pressão alvinegra, conseguiu finalização no travessão com Furtado, aos 11. Mas não foi suficiente, o Alvinegro encontrou a virada aos 15, com Fernando Sobral: 3 a 2.

Quando tudo parecia definido, uma finalização de fora da área, espalmada de mal jeito por Prass, resultou no empate com Caicedo, apenas empurrando pro gol: 3 a 3.

O maior susto veio aos 31, com Rafael Carioca, ex-Ceará. O lateral, atuando no ataque baiano, arriscou de muito longe e mandou no travessão. No fim, em jogada de Lima e Samuel Xavier, o meia fechou o marcador: 4 a 3, em números finais no Barradão.

(DN)