This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

segunda-feira, 2 de março de 2020

Polícia Civil realizou 12,7 mil abordagens em nove dias de paralisação de PMs


Além da Polícia Civil do Ceará, a Guarda Municipal de Fortaleza também atua no policiamento ostensivo. Conforme as autoridades, os servidores trabalham em regime voluntário, sendo recompensados com horas extras.

Devido à paralisação de parte de policiais da Polícia Militar do Ceará (PMCE), o policiamento ostensivo nas ruas do Estado precisou ser reforçado. Com objetivo de garantir a segurança da população, forças que, normalmente, não atuam com ostensividade, passaram a assumir este papel. Além dos homens da Força Nacional de Segurança Pública e Exército Brasileiro, agora, estão, no dia a dia nas vias públicas, assumindo o protagonismo de abordagens, servidores da Polícia Civil do Ceará e da Guarda Municipal de Fortaleza.

Conforme levantamento da Polícia Civil, do dia 18 de fevereiro de 2020, primeiro dia do motim de militares, até o último dia 22, e do dia 26 até esse sábado (29), a Polícia Judiciária realizou 12,7 mil abordagens em Fortaleza, Região Metropolitana e Interior.

O delegado-geral da PCCE, Marcos Rattacaso, afirma que o número é "infinitamente maior" do que nas demais semanas, sem paralisação da PMs, mas não há como comparar o dado com outros períodos, "porque não é costume planilhar abordagens", diz em relação à ostensividade, "não ser algo diretamente do cotidiano da Polícia Civil".

Já a Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) estima aumento de 70% no número de ações desde o início da paralisação. O diretor-geral e inspetor da GMF, Rômulo Reis, contabiliza que das 19h do dia 19 de fevereiro até as 19h do dia 26 de fevereiro foram 51 procedimentos em delegacias, 51 veículos recuperados, 10 armas de fogo apreendidas e 20 prisões em flagrante.

Atuação

Além do número de abordagens, há outros dados expressivos levantados pela Polícia Civil. Em entrevista concedida ao Sistema Verdes Mares, Marcos Rattacaso afirmou que em uma semana (dias 18 a 25 de fevereiro) foram formalizadas 493 prisões e apreensões em flagrante de adolescentes e maiores de idade, apreendidos 31 quilos de drogas e 84 armas de fogo, inclusive um fuzil.

Segundo Rattacaso, uma média de 60 equipes da Polícia Civil diligencia a cada turno na capital e Grande Fortaleza:

"A Polícia Civil do Estado do Ceará, desde o primeiro dia de paralisação de parte da Polícia Militar, veio com planejamento operacional exatamente para dar segurança à população do Estado. A Polícia Judiciária saiu do seu papel constitucional de investigar os crimes, identificar autoria e materialidade dos delitos, e passou a montar equipes diárias para fazer o trabalho de ostensividade", disse Rattacaso.

Voluntários

O delegado-geral destaca que o efetivo é voluntário, não existindo "nenhum prejuízo operacional às atividades desenvolvidas pela Polícia Civil do Ceará". Os policiais se voluntariam para trabalhar na folga, e são remunerados no regime de horas extras. "É uma determinação do governador do Ceará que não nos preocupemos com limite financeiro. Isto não existe para um momento de crise", salientou Rattacaso.

Já o diretor-geral da Guarda Municipal de Fortaleza contou que, por turno, são empregadas 40 viaturas, com 160 homens ao todo. 10 principais cruzamentos da Cidade e outros pontos estratégicos foram escolhidos para ter o reforço da Guarda, são eles: Bezerra de Menezes e Praça Otávio Bonfim, Leste Oeste e Areninha Pirambu, avenidas Domingo Olímpio e Aguanambi, Avenida Abolição e Praça Dr. Moreira de Sousa, avenidas Rogaciano Leite e Murilo Borges, avenidas Antônio Sales e Desembargador Moreira, Avenidas Oliveira Paiva e Washington Soares, Avenida Aguanambi e Rua Soriano Albuquerque, avenidas 13 de Maio e da Universidade, avenidas Bernardo Manuel e Silas Munguba, Terminais de Integração, Hospital Frotinha do Antônio Bezerra, ruas Governador Manoel de Castro Filho e Firmino de Aguiar e sede do Ministério Público do Ceará (MPCE).

"Boa parte do efetivo é de voluntários e, em troca, há o pagamento de hora extra. As principais ocorrências são roubos, porte de arma e tráfico de drogas. Nunca pegamos tantas ocorrências quanto neste momento. Muito do que chega via Ciops, pelo 190, está sendo direcionado para a Guarda e Polícia Civil. Todos os dias participamos das reuniões na 10ª Região Militar para decidirmos juntos a melhor forma de atuação", ponderou o inspetor Rômulo Reis.

Enquanto grupos de policiais militares protagonizam motins, a Polícia Civil e a Guarda Municipal de Fortaleza atuam no policiamento ostensivo. Maior parte do trabalho é feito por servidores voluntários.

(Diário do Nordeste)

Destaques da semana