This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Sérgio Moro manda Força Nacional para reforçar a segurança no Ceará

Senador Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado ao tentar invadir com uma retroescavadeira um batalhão da polícia militar.


Após um pedido do governador do Ceará Camilo Santana (PT-CE), o ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro determinou o envio de tropas da Força Nacional para reforçar a segurança no Estado.

Um motim de policiais militares bloqueou ruas e levou comerciantes a fecharem as portas em várias cidades cearenses. Na tarde desta quarta-feira (19), o senador Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado ao tentar invadir com uma retroescavadeira um batalhão de polícia militar onde PMs estão amotinados na cidade de Sobral. 

"O Ministério da Justiça e Segurança Pública está acompanhando a situação no Ceará e analisando as providências que podem ser tomadas. Já foram enviadas equipes da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal para Sobral para garantir a segurança do Senador Cid Gomes. A Força Nacional de Segurança Pública será enviada amanhã para o Ceará", declarou a pasta em nota à imprensa.

Nesta quarta-feira (19), Cid dirigia uma retroescavadeira e tentou furar um bloqueio feito por policiais militares em um batalhão no centro de Sobral, no Ceará, quando foi atingido por dois tiros. Nesta quarta, pessoas encapuzadas invadiram batalhões da PM, levaram carros e esvaziaram pneus. 

O Hospital do Coração de Sobral afirmou que o senador foi baleado com dois tiros de arma de fogo, mas não corre risco imediato de morrer. "Seu quadro neurológico e clínico não apresenta alteração (...) o paciente encontra-se lúcido e respirando sem ajuda de aparelhos", afirma a nota.

Assim que soube do ocorrido, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, solicitou ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, garantia de segurança ao senador:

— Acompanho com preocupação os desdobramentos do ocorrido com o senador Cid Gomes, na tarde desta quarta-feira, em Sobral, no Ceará. Entrei em contato com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e com o governador do Ceará, Camilo Santana, para obter informações e garantir a segurança do parlamentar — disse, em entrevista a GaúchaZH.

O governador Camilo Santana afirmou que é "inaceitável" a "extrema violência" sofrida por Cid Gomes. "Esses crimes não ficarão impunes! Não mediremos esforços para restabelecer aordem e garantir a paz da população cearense", disse no Facebook.


Negociação desde o início do ano

Desde o início de 2020, o governo e associações dos policiais e bombeiros militares negociam uma reestruturação salarial. Na terça-feira (18), a proposta final foi enviada para a Assembleia Legislativa do Ceará, que vai discutir o projeto e votar, mas parte da categoria não ficou satisfeita com o que foi definido.

No fim da tarde, manifestantes, entre policiais e familiares dos militares, foram até o 18º Batalhão da PM, no bairro Antônio Bezerra, protestar. Em meio aos atos, dois batalhões foram atacados por homens encapuzados, que roubaram 10 viaturas em uma das unidades e esvaziaram pneus dos carros em outra.

Três policiais militares foram presos e outros 150 serão investigados por participar do protesto. Na segunda-feira (17), a Justiça havia determinado, a pedido do Ministério Público Estadual, que agentes de segurança poderiam sofrer sanções e até serem presos por promoverem movimentos grevistas ou manifestações no Estado.

Destaques da Semana

Links indicados