Percussionista de banda de pagode é morto a tiros na Liberdade

Músico do grupo A Invasão estava na porta de casa quando foi atacado Da Redação Correio 24 horas Mailson Oliveira foi baleado na rua on...

Músico do grupo A Invasão estava na porta de casa quando foi atacado
Da Redação Correio 24 horas
Mailson Oliveira foi baleado na rua onde morava
 
(Foto: Reprodução/Facebook)
Percussionista da banda de pagode A Invasão, Mailson Oliveira, 25 anos, foi morto a tiros na porta de casa, na noite desta sexta-feira (23), no bairro da Liberdade, em Salvador. De acordo com a empresária da banda, que preferiu não dizer o nome, o músico foi vítima de "violência gratuita".
O CORREIO procurou a Polícia Civil, mas não obteve retorno. Ainda segundo a produção do grupo, Mailson era um rapaz tranquilo e sem qualquer histórico de briga.
"Não só a equipe, mas os vizinhos dele, está todo mundo bastante revoltado com o que aconteceu", comentou a empresária.
Mailson era nascido e criado na Liberdade, onde toda a família ainda mora. Conhecido como Mamai, o rapaz já chegou a se apresentar com grandes nomes da música baiana, como o cantor Márcio Victor, da banda Psirico.
Nas redes sociais, amigos lamentaram a morte do rapaz.
"Não acredito que fizeram isso com você. Um menino bom, de família, que teve a vida interrompida assim. Vai fazer muita falta, meu mano Mailson", afirmou um deles.
Em seu perfil no Facebook, o pagodeiro era seguido por cerca de 1.400 pessoas. Os clipes da banda A Invasão, na qual o rapaz tocava desde o início do grupo, havia cinco anos, somam milhões de visualizações no YouTube. O último lançamento, postado há apenas dois dias, já foi visto mais de 90 mil vezes.

Em publicação de abril,  músico comemorou show com Márcio Victor
(Foto: Reprodução/Facebook)

A autoria e a motivação do crime serão investigadas pela Polícia Civil. Não há informações ainda sobre o enterro do percussionista.
Largo do Tanque
Também nesta sexta-feira (23), duas pessoas foram assassinadas no Largo do Tanque, localidade vizinha à Liberdade. As vítimas foram identificadas como Railan Simões Gomes e Pedro Jorge dos Santos, ambos de 20 anos. A assessoria de comunicação da Polícia Civil não foi encontrada para comentar as mortes.
Os crimes vão ser investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Acompanhe-nos no Twitter Facebook

Related

Brasil 6203339940996815982

Mais lidas

CURTA NOSSA PÁGINA

SIGA-NOS

Seguir por Email

Sobral tec

Instituto formar

SOBRAL NET

SOBRAL NET

R DIAS

R DIAS

pizza na pedra o mario

ótica do trabalhador

Elite Educação

item
http://go.oclasrv.com/afu.php?zoneid=2028681