Somados, Bolsonaro, Ciro e Marina já foram filiados a 15 partidos

. Eles já foram de direita, de esquerda, democratas cristãos, verdes, socialistas e algo mais. Ao contrário de eleições anteriores, lid...

.
Eles já foram de direita, de esquerda, democratas cristãos, verdes, socialistas e algo mais. Ao contrário de eleições anteriores, lideradas na maior parte do tempo por políticos de PT e PSDB, neste ano os três candidatos que aparecem nas primeiras colocações nas pesquisas, nos cenários sem o ex-presidente Lula, têm um histórico de mudanças de partidos. Juntos, Jair Bolsonaro (PSL), Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT) passaram por 15 siglas diferentes.
Ciro esteve em sete legendas, em uma transição que acentua sua mudança de perfil ideológico: começou no PDS, identificado com a direita, e passou pelo PPS, antigo Partido Comunista Brasileiro. Foi do PMDB, ajudou a fundar o PSDB e esteve também no PSB e no nanico PROS.
— A partir do PPS são transições em busca de espaço para ele e seu grupo. É muito pragmático — observa o cientista político
Embora sempre à direita, Bolsonaro foi outro que não parou quieto. Esteve em seis grupos diferentes. Neste ano, trocou o PSC pelo PSL para ser candidato.
Fundadora do PT, Marina Silva mudou menos: passou por PV e PSB antes de estruturar a Rede.
— No caso dela, fica claro que existe uma vontade de romper com o jeito tradicional de fazer política — diz Couto.
 Com informações O Globo

Related

Politica 6913760642049894112

Mais lidas

CURTA NOSSA PÁGINA

SIGA-NOS

Seguir por Email

Sobral tec

Instituto formar

SOBRAL NET

SOBRAL NET

R DIAS

R DIAS

pizza na pedra o mario

ótica do trabalhador

Elite Educação

item
http://go.oclasrv.com/afu.php?zoneid=2028681